Faz parte da cultura Arquivei olhar para todas as sugestões de nossos clientes e sempre que possível buscamos atendê-las. Pensando nisso, a funcionalidade Relatórios Avançados NFe já passou por diversas melhorias desde a sua implementação.

Foram adicionadas 13 novas colunas, que são:

  • Cód de Município

  • Código de Regime Tributário (CRT)

  • [Item] Número do Lote do produto

  • [Item] Quantidade de produto no Lote

  • [Item] Data de fabricação/ Produção

  • [Item] Data de validade

  • NFe Referenciada

  • Percentual da Redução de BC

  • XPED Compra

  • Indicador de Pagamento

  • [Item] Valor Imposto de Importação

  • [Item] Unidade tributável

  • [Item] Preço Máximo consumidor

e outras 2 melhorias no "Filtro Fornecedor":

  • Filtro Fornecedor agora aceita pontuação no CNPJ

  • Filtro Fornecedor aceita mais de uma entrada por vez

__________________________________________________________________

A seguir, vamos explicar cada uma das melhorias com seus respectivos casos de uso e, sempre que uma nova melhoria for adicionada, esse artigo será atualizado.

Data da última atualização: 01/10/2020

  • Nova Coluna "Cód. de Município"

- Tanto da cidade de Origem quanto da cidade de Destino.

- A coluna se trata do código nacional do IBGE.

- O utilização do código de município (ao invés do nome) traz dados mais precisos

Casos de uso:

1. Para quem faz controle de tributação por município

2. Para quem faz controle no transporte de mercadoria por município

  • Nova Coluna "Código de Regime Tributário (CRT)"

- Indica se o Fornecedor (emissor da nota) é Simples Nacional, Lucro Presumido ou Lucro Real.

Caso de uso:

O regime no qual a empresa fornecedora está registrada altera a forma como os impostos são pagos ou creditados. O serviço para verificar o regime de um CNPJ é pago, mas através do Relatórios Avançados é possível saber esta informação pela última nota emitida pela empresa. A partir daí, é possível realizar o cadastro do fornecedor em questão no sistema interno.

  • Nova Coluna "[Item] Número do Lote do produto"

- Indica, a nível de item/produto da nota, qual o lote daquele produto

Caso de uso:

Empresas que costumam fazer pedidos/compras anuais e recebem diversos lotes mensalmente.

  • Nova Coluna "[Item] Quantidade de produto no Lote"

- Indica, a nível de item/produto da nota, qual a quantidade de produto que veio num determinado lote

Caso de uso:

Empresas que costumam fazer pedidos/compras anuais e recebem diversos lotes mensalmente.

  • Nova Coluna "[Item] Data de fabricação/ Produção"

- Indica, a nível de item/produto da nota, qual a data de fabricação de um determinado lote

Caso de uso:

Empresas que costumam fazer pedidos/compras anuais e recebem diversos lotes mensalmente.

  • Nova Coluna "[Item] Data de validade"

- Indica, a nível de item/produto da nota, qual a data de validade de um determinado lote.

Caso de uso:

Empresas que costumam fazer pedidos/compras anuais e recebem diversos lotes mensalmente.

  • Nova Coluna "NFe Referenciada"

- Mostra a chave de acesso relacionado aquela NFe

Caso de uso:

Para processos (ex: remessa, retorno, brinde etc) em que as empresas citam a chave de acesso de uma NFe vinculada àquela nota.

  • Nova Coluna "Percentual da Redução de BC"

- Indica o percentual de redução da base de cálculo do ICMS

Caso de uso:

Para quem precisa saber saber qual o percentual de redução da base de cáculo no momento da verificação do ICMS de crédito e débito da empresa.

  • Nova Coluna "XPED Compra"

- Indica, a nível de nota, qual o número do pedido de compra daquela nota.

Caso de uso:

Empresas que geram um número de pedido de compra e precisam verificar, posteriormente, se a mercadoria recebida está de acordo com a ordem de compra.

OBS: Esse campo fica disponível quando o fornecedor insere o número do pedido de compra na hora da emissão da nota.

  • Nova Coluna "Indicador de Pagamento"

- Indica qual a forma de pagamento (a vista, a prazo).

Caso de uso:

Para quem precisa programar os pagamentos a serem realizados.

  • Nova Coluna "[Item] Valor Imposto de Importação"

- Indica, a nível de item/produto, qual o imposto pago naquela NFe de importação.

Caso de uso:

Empresas que precisam destacar o imposto para a importação dos produtos.

  • Nova Coluna "[Item] Unidade tributável"

- Indica em qual unidade o produto foi vendido (Kg, caixas, unidades, etc)

- Esta informação facilita esse processo de conferência de "O que foi pedido versus o que foi efetivamente comprado" pois destaca qual foi a unidade utilizada pelo fornecedor no envio dos produtos.

- Evita penalizações com o Fisco devido ao preenchimento incorreto da unidade.

  • Nova Coluna "[Item] Preço Máximo consumidor"

- Indica qual o preço máximo ao consumidor (utilizado por farmácias)

Caso de uso:

Farmácias que precisam da informação do preço máximo do consumidor que vem destacado na nota.

  • Filtro Fornecedor agora aceita pontuação no CNPJ

Agora aceitamos CNPJs tanto no formato 67.567.339/0001-45 como 67567339000145. Antes, era aceito somente o formato sem pontuação.

Casos de uso:

1. Para quem precisa buscar notas de fornecedores específicos para lançar/escriturar no sistema.

2. Não deixar passar nenhuma nota de alto valor que o Fornecedor emite Fornecedor.

  • Filtro Fornecedor aceita mais de uma entrada por vez

- Antes só era possível fazer a busca de 1 fornecedor por vez. Agora é possível buscar por vários.

- É possível copiar e colar uma lista para o campo que automaticamente os CNPJs são separados, desde que seja um por linha.

Casos de uso:

1. Quem costuma gerir mais de um fornecedor por vez (ex: mesmo tipo de material, matriz e filiais etc)

2. Quem extrai CNPJs do ERP/Arquivei e precisa fazer essa busca em lote (seja Razão social ou CNPJ)

3. Empresas com alto volume que precisam realizar as ações com excesso de dados no excel, prejudicando a performance dos times envolvidos - além do processamento de relatórios completos no Arquivei.

Encontrou sua resposta?